Asfalto na ‘Estrada do 21’ encurtará viagem entre Bonito e Capital em 80 km

Pavimentação da via deve aumentar a procura pelo principal destino turístico do Estado. Foto: MS Gov

Silvio Ferreira, com informações Portal MS Gov e Fecomércio

Lançadas nesta sexta-feira, dia 29, em Bonito (MS) duas licitações para pavimentação na principal localidade turística de Mato Grosso do Sul, famosa internacionalmente.

A primeira licitação, para a pavimentação  de 100 quilômetros da MS-345, conhecida como “Estrada do 21”.

A obra encurtará em cerca de 80 quilômetros a viagem entre Campo Grande e Bonito. A obra é uma reivindicação antiga do trade turístico de Mato Grosso do Sul.

A rodovia tende a se tornar a principal rota turística da região sudoeste do Estado, além de garantir mais segurança aos motoristas, como destacou o governador em exercício e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Paulo Correa.

Em parceria com o município de Bonito, o governo também lançou o projeto executivo para a pavimentação de 8,3 quilômetros da “Rodovia do Turismo”, entre Bonito e a Ilha do Padre.

Comitiva comandada pelo governador em exercício ainda vistoriou a construção do quartel do Corpo de Bombeiros de Bonito, orçado em R$ 3,1 milhões, e o trecho recém-pavimentado da MS-382, entre Bonito e a Gruta do Lago Azul, um dos passeios turísticos mais famosos na região. A estrada ganhou um portal decorado com símbolos da fauna e da flora sul-mato-grossenses. A rodovia foi batizada de Frida Garzella dos Santos, em homenagem a ex-primeira-dama de Bonito, que morreu em 2018.

Rodoanel

O prefeito da cidade, Josmail Rodrigues aproveitou a agenda governamental para lançar o projeto executivo da obra do rodoanel de Bonito, que será construído em parceira com o Governo do Estado.

A obra de 7,6 quilômetros vai tirar o tráfego de veículos pesados da rua Pilad Rebuá, a principal via do município. De acordo com o projeto, o rodoanel ligará os dois extremos de Bonito, da rotatória da saída para Bodoquena até a região da antiga Cooagri.