Bolsonaro aciona a PGR contra Moraes por Abuso de Poder

Bolsonaro e Aras (Dida Sampaio / Estadão Conteúdo)

Ação ocorre depois de notícia-crime contra Moraes ser rejeitada por Toffoli

Silvio Ferreira

O presidente Jair Bolsonaro apresentou uma representação à Procuradoria-Geral da República (PGR), nesta quarta-feira (18), solicitando que a instituição apresente parecer favorável à abertura de investigação contra o integrante do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, por Abuso de Autoridade.

Assim como na denúncia-crime rejeitada pelo ministro Dias Toffoli no início da tarde desta quarta-feira (18), na representação à PGR, Bolsonaro denuncia que Moraes comete Abuso de Poder em decisões como a de prorrogar indefinidamente o inquérito das Fake News, notoriamente inconstitucional, mesmo após relatório da Polícia Federal concluir que não há nenhuma prova de crime contra o presidente.

O Inquérito das Fake News foi aberto pelo então presidente do STF, Dias Toffoli, em 2019, o mesmo que rejeitou prontamente, no início da tarde desta quarta-feira, a denúncia-crime apresentada por Bolsonaro contra Moraes na noite anterior.