Bolsonaro alerta sobre ameaça comunista na Marcha para Jesus

Bolsonaro na Marcha para Jesus em São Paulo - 9.7.22 (Reprodução Twitter)

Bolsonaro combate ideologia de gênero, descriminalização das drogas e liberação do aborto. Comunismo combate cristãos no mundo todo.

 

O Presidente Jair Bolsonaro participou da 30ª edição da Marcha para Jesus. A edição de 2022 do evento ocorre depois de 2 anos de pandemia. Retomada do evento recebeu 9 mil caravanas, maior número da história do evento em São Paulo.

‘Guerra do Bem contra o Mal’

Bolsonaro lembrou aos cristãos que tem lutado contra todas as pautas anticristãs defendidas pelos comunistas, como a Ideologia de Gênero, a descriminalização das drogas e a liberação do aborto. Já o comunismo combate todos os valores  que o Cristianismo defende e persegue cristãos no todo mundo.

 

A armadilha das urnas

Comunistas têm chegado ao poder pelas urnas na América Latina e em pouco tempo, além de disseminarem a degeneração moral e social intrínseca à ideologia que defendem, ainda levam as nações à miséria e à fome, deixando um rastro de destruição por meio do colapso econômico.

“Vejo como os povos desses outros países [da América do Sul] estão vivendo, vejam como vivem os nossos irmãos da Venezuela, Argentina, Chile e Colômbia. Nós não queremos isso para o nosso Brasil. Somos uma potência em todos os aspectos, em especial, no ser humano que habita aqui”, afirmou o presidente.

Venezuela

O país vizinho foi devastado pela narcoditadura socialista de Nicolás Maduro, que levou 94,6% da população a viver abaixo da linha da pobreza, conforme pesquisa da Universidade Católica Andres Bello, de Caracas. A maior parte dessa população já se encontra abaixo da linha da miséria absoluta.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 5 milhões de venezuelanos já deixaram o país, fugindo do desemprego, da miséria e da fome desencadeados pela  incompetência e corrupção desenfreada do ditador Nicolás Maduro, que vale lembrar, chegou ao poder pelo voto.

Bolsonaro tem alertado:

“Nas eleições de outubro, cada brasileiro terá a responsabilidade de decidir como viverá aqui: como no Brasil ou como na Venezuela.”

Documentário “A Crise dos Venezuelanos Refugiados” da Jovem Pan News, de janeiro de 2022.

 

Argentina

Da mesma forma, o governo esquerdista de Alberto Fernández, na Argentina, está levando o país para o mesmo abismo socialista-comunista.

Em apenas dois anos, liberou o aborto e o cultivo doméstico da maconha para “fins medicinais” e agora está terminando de destruir à Economia do país.

‘Quarenterna’

E durante a pandemia, com o mais longo e ineficaz lockdown dentre todos os promovidos pelos países da América Latina, que foi apelidado pelos argentinos de “quarenterna” – a quarentena eterna – Fernández levou o país à ruína econômica, ao desemprego, à escassez e à pobreza sem precedentes,  em meio a uma inflação acumulada de 60%.

Trecho do programa “Os Pingos Nos Is” da Jovem Pan News (8/7/2022)

Desperta, Brasil!

“Comunismo não passa de satanismo travestido de humanismo ateísta.” – Silvio Ferreira

“Feliz é a Nação cujo Deus é o SENHOR!” (Salmo 33:12)