Bolsonaro anuncia que Exército garantirá que ‘não haja eleição em seção que tentar impedir Verde e Amarelo’

Bolsonaro dá resposta contundente a mais um ensaio de abuso de autoridade de Alexandre de Moraes: “Não vai ter eleição em seção que proibir o uso de Verde e Amarelo”

Em trecho da live transmitida nesta quarta-feira, dia 28 de setembro, o Presidente da República foi contundente diante do prenúncio de uma tentativa de fraude nas urnas por meio de medidas ditatoriais do integrante do TSE e do STF, Alexandre de Moraes. A última e mais estapafúrdia delas, a de que o tribunal cogita proibir o uso de camisetas Verde e Amarelas no dia da Eleição, revoltou o Presidente, que foi incisivo:

” – TSE avalia proibir o uso da camisa da seleção brasileira no dia da eleição. Como que é Alexandre de Moraes? ‘Proibir usar camisa da seleção?’ Oras…É interferência demais. Está com medo de quê? Vai ter um mar de verde e amarelo? Estão preocupados com um mar de verde e amarelo votando e aparecer o nome do Lula ganhando? É isso TSE? É isso TSE? Essa medida é para proibir isso daí?”

“Não vai ter eleição em seção que proibir o uso de Verde e Amarelo”

Indignado com a mera cogitação de mais um ato ditatorial do togado, Bolsonaro anunciou:

” – Eu estou convidando a todos, voluntariamente, [a irem] votar com a camisa Verde e Amarela. O que as Forças Armadas puderem garantir [para] vocês votarem de Verde e Amarelo vai ser garantido. Eu vou determinar às Forças Armadas, que vão participar da segurança: ‘Qualquer seção eleitoral em que for proibido entrar com a camisa Verde e Amarela, não vai ter eleição naquela seção”, afirmou, revoltado.

Ditadura de Toga

Bolsonaro ainda denunciou outros abusos de poder e indícios de sabotagem contra o Presidente da República – e candidato à reeleição – no processo eleitoral, por parte do integrante do STF e atual presidente do TSE.

O presidente verbalizou a percepção generalizada de conservadores sobre o crescimento de indícios de que um golpe nas urnas; de que uma fraude eleitoral, para garantir a vitória do ex-presidiário ‘descondenado’, já está em curso e a todo vapor:

“- Nós estamos em uma democracia ou estamos no Estado do Alexandre de Moraes. Tá com medo de quê? Que o mundo vai mostrar imagens do Brasil indo votar com o Verde e Amarelo? E qual é a sua preocupação, Alexandre? É que apareça o Lula ganhando no primeiro turno? É isso? As suas medidas todas foram para prejudicar a mim. Inclusive, em alguns locais fora do Brasil, foi diminuído o número de eleitores que vão votar naquela seção e a maioria da seção, a ‘400 quilômetros’ de distância, para o cara não ir votar”, denunciou.

No final do vídeo, extraído da live transmitida pelo Presidente da República, Bolsonaro reforçou o convocação para que todos votem de Verde e Amarelo no próximo domingo, dia 2 de outubro:

” – Vamos todos votar de Verde e Amarelo! Onde tiver militar das Forças Armadas, nós vamos garantir que o Povo entre com a camisa Verde e Amarela na seção eleitoral!”, concluiu.