Bolsonaro dá ‘invertida’ em Bonner durante entrevista

“Mitada” de Bolsonaro foi em resposta a questionamento hipócrita do apresentador Willian Bonner sobre apoio do Centrão ao governo.

 

Na entrevista do Presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira, dia 22 de agosto, ao Jornal Nacional da TV Globo, Bolsonaro “mitou” com uma “invertida” memorável no apresentador William Bonner, que já virou meme.

Bonner tentou constranger Bolsonaro afirmando que, na campanha de 2018, o então candidato afirmou que não pretendia se aliar aos partidos do chamado “Centrão” no Congresso.

A resposta do presidente desancou Bonner. Bolsonaro lembrou que apenas ditadores governam sem apoio do Legislativo.

“– Você está me estimulando a ser ditador.”

” – Eu, candidato?”, respondeu Bonner,  afetadamente. 

‘ – Você! O Centrão são mais ou menos 300 parlamentares. Se eu  deixar de lado, vou governar com quem? Não vou governar com o Parlamento. Então, você está me estimulando a ser um ditador”, disse, Bolsonaro, irônico.

“- São 513 deputados. Trezentos são de partidos de Centro. Pejorativamente chamados de ‘Centrão’. Do lado de lá [a Esquerda declarada], os 200 que sobram, é o pessoal do PT, PCdoB, PSol, Rede. E não dá pra você conversar com eles. Até porque não teriam número suficiente para aprovar sequer um projeto de lei comum. Então, os partidos de Centro fazem parte –  grande parte – da base do governo, para que nós possamos avançar em reformas. Como temos avançado em muita coisa. Como por exemplo, através do Centrão, nós conseguimos o Auxílio Brasil de R$600 para 20 milhões de famílias”, concluiu.

Quem diz o que quer, ouve o que não quer.