Bolsonaro decide seguir para eleições depois de reunião com comandantes militares

Bolsonaro com o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira e o comandante do Exército, general Marco Antônio Freire Gomes Foto: Evaristo Sá AFP

Bolsonaro decide seguir para eleições depois de reunião com comandantes militares

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, realizou uma reunião de emergência com o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, e os comandantes do Exército, General Freire Gomes; da Aeronáutica, Baptista Júnior, e da Marinha, Garnier Santos, na noite desta quarta-feira, dia 26 de outubro, após a decisão de Alexandre de Moraes de arquivar sumariamente a denúncia de fraude na divulgação da propaganda eleitoral de Bolsonaro no segundo turno feita pela campanha à reeleição.

Segundo o portal O Antagonista, participantes da reunião teriam informado que o comando militar concluiu que “ficou evidente que o presidente do TSE escolheu um lado na disputa eleitoral”.

Apesar da conclusão, o presidente decidiu, aconselhado pelos militares a “manter a serenidade e seguir para as eleições, contra tudo e contra todos”.

“ – A decisão foi bancar as eleições pela certeza da vitória nas urnas, mesmo com todas as restrições impostas pelo TSE, pelo STF”, afirma a reportagem de O Antagonista.