Bolsonaro desmente fake news petista sobre meninas venezuelanas em live

Bolsonaro durante a live feita na madrugada de domingo para desmentir vídeo criminoso do PT. Reprodução / YouTube

Presidente acusou PT de “extrapolar todos os limites” ao editar vídeo criminosamente para dar a entender que o presidente estava “atrás de programa”

Na madrugada deste domingo, dia 16 de outubro, o Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) fez transmissão ao vivo nas redes sociais para denunciar o PT, pela edição criminosa de um vídeo que distorce os fatos sobre uma live feita pelo presidente no início da pandemia, quando, durante um passeio de moto por regiões periféricas de Brasília, Bolsonaro percebeu que adolescentes venezuelanas, em uma manhã de sábado, estavam vestidas como se fossem a uma festa.

Indignado com o que concluiu ser uma situação de prostituição infantil, o mandatário pediu autorização para a família para mostrar a situação em que as adolescentes refugiadas da Venezuela, estavam vivendo.

Na ocasião, a live chegou a ser transmitida pela CNN, emissora de TV que faz oposição ferrenha ao governo Bolsonaro, que a usou para criticar o que chamou de “desrespeito do presidente ao distanciamento social.”