CAC mata bandido que invadiu imóvel em Campo Grande

Bandido havia invadido a lanchonete com mais dois comparsas armados

 

Na madrugada de terça-feira, dia 19 de julho, um assaltante foi morto quando invadia – com outros dois cúmplices – uma lanchonete no bairro Tijuca, região Sul de Campo Grande.

Segundo o boletim de ocorrência, o dono do estabelecimento, de 45 anos, dormia nos fundos do imóvel quando foi acordado pelo barulho do alarme disparado  pelos três criminosos que haviam arrombado a janela da frente do estabelecimento.

O comerciante, que por ser Caçador, Atirador e Colecionador (CAC), possui uma arma de fogo legalizada, saiu pela lateral do imóvel e surpreendeu os assaltantes quando eles tentavam fugir da cena do crime pela janela que haviam arrombado.

Segundo o boletim de ocorrência, um dos criminosos portava uma faca e outro uma arma de fogo. O marginal teria  apontado a arma para o comerciante que, em legítima defesa, efetuou três disparos contra os marginais.

Na fuga, os bandidos deixaram pra trás munições da arma de fogo, uma faca e um boné, bijuterias e um óculos que haviam sido roubados no local.

Um policial civil, vizinho do comerciante, ouviu os disparos e correu para o local, onde ainda tentou alcançar os dois marginais que fugiram, sem sucesso.

De volta à lanchonete, o policial e o comerciante encontraram o corpo do assaltante baleado do lado de fora do imóvel.

O Corpo de Bombeiros, foi acionado e atestou a morte do marginal às 2h35 da madrugada.

Para a Polícia, o CAC apresentou a pistola, um carregador contendo sete munições intactas e a documentação do armamento.