Ciclone causa estragos em SC e segue para Sudeste

Ciclone sobre o Oceano Atlântico entre o Nordeste catarinense, o Leste do Paraná e o Sul de São Paulo em 10.08.22 | CIRA/CSU - MetSul

Fenômeno chega com ventos de mais de 100 km/h e deve derrubar temperaturas nesta quarta-feira à Região Sudeste

 

Municípios de Santa Catarina sofreram muitos danos materiais com a passagem de um ciclone com ventos de até 115km/h na manhã desta quarta-feira, dia 10 de agosto.

Registros nas redes sociais mostram imagens impressionantes de placas de supermercados e caixas de água penduradas em linhas de transmissão de energia.

 

Ciclone avança sobre Sudeste 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o fenômeno deve chegar ao Sudeste nesta quarta-feira, dia 10 de agosto, derrubando as temperaturas em São Paulo e em outras capitais da Região Sudeste. Além do frio, os fortes ventos devem atingir o estado de São Paulo, com rajadas que podem ultrapassar os 100 km/h no litoral e no Vale do Ribeira.

Na capital paulista, as temperaturas mínimas devem ficar na casa de 11º C na tarde desta quarta-feira, dia 10 de agosto e  também na quinta-feira.

Imagens de satélite mostram o deslocamento do ciclone extratropical.