Confronto marca sessão que votaria PL contra passaporte vacinal

Alerj: bloqueio do prédio público pretendeu 'evitar aglomerações' e a entrada de pessoas sem máscaras

Alerj: bloqueio do prédio público pretendeu ‘evitar aglomerações’ e a entrada de pessoas sem máscaras Reprodução / Redes Sociais

Manifestantes entraram em confronto com seguranças da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) na tarde desta quarta-feira (8). Vídeos publicados nas redes sociais mostram seguranças da Alerj empurrando manifestantes para que não entrem na Casa. Não há informações sobre feridos ou detidos.

A manifestação ocorre no dia em que estava pautado o projeto de lei 4919/2021, de autoria dos deputados Filipe Soares (DEM) e Márcio Gualberto (PSL), pqud propõe a proibição de qualquer tipo de discriminação contra aqueles que se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19.
O projeto de lei é uma resposta às violações de direitos constitucionais estabelecidas por decreto do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), que obriga a população a apresentar o cartão de vacinação para acessar locais como hotéis, bares e pontos turísticos.
O texto saiu da pauta por ter recebido emendas emendas, o que obriga que o projeto seja novamente analisado pelas comissões da Casa antes de ser votado em plenário e ainda não teve a data de nova votação divulgada.