Eduardo Bolsonaro escancara Fake News de colunista do O Globo

Policial Federal, colecionador, atirador e armamentista festejou aniversário com “bolo de 38”. Colunista esquerdopata surtou.

 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) expôs o surto esquerdopata do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, sobre a festa de aniversário do filho do presidente Jair Bolsonaro realizada no sábado, dia 9 de julho.

O bolo temático de um policial federal, CAC e defensor do direito constitucional da Legítima Defesa.(Reprodução Instagram)

 

O colunista – manipulando os fatos para criar mais uma falsa narrativa esquerdopata, exibiu o bolo temático que trazia um revólver calibre .38, em alusão aos 38 anos completados na data.

Jardim tentou estigmatizar a homenagem feita pela esposa de Eduardo Bolsonaro ao marido, que é Policial Federal, colecionador e atirador (CAC), à morte do tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu, Marcelo Arruda, que só ocorreria horas depois.

“– Eduardo Bolsonaro festejou seus 38 anos com um bolo para lá de insólito, personalizado com uma arma e projéteis. O deputado e sua mulher Heloísa fizeram questão de expor no Instagram neste domingo. Horas antes das publicações, no entanto, o militante petista Marcelo Arruda foi assassinado por um simpatizante de Jair Bolsonaro”, escreveu o colunista.

 

No entanto, Eduardo frisou que a comemoração, com o bolo de arma, foi no sábado, dia 9 de julho, e o colunista se baseou na data da postagem, domingo, para tentar forjar a falsa narrativa.

“– Fake news! As velas do meu bolo foram apagadas na tarde de 9 de julho, logo, antes do ocorrido em Foz. Mas se quiserem uma história de homicídio com vínculo verdadeiro, vocês do GRobo podem noticiar o Marcos Valério delatando que Lula foi um dos mandantes do assassinato de Celso Daniel”, disparou o deputado nas redes sociais.