Henkel: ‘Bolsonaro nos EUA derruba todas as narrativas’

Ana Paula Henkel desmoraliza mais uma mentira da Velha Imprensa (Reprodução Redes Sociais)

Comentarista da Jovem Pan News lembrou que Biden enviou um representante oficial para convidar presidente brasileiro

A correspondente internacional e comentarista política do programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan News, Ana Paula Henkel, desancou mais uma das falsas narrativas da Velha Imprensa esquerdista do Brasil. Henkel demonstrou como a viagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Los Angeles, nos Estados Unidos, para a Cúpula das Américas, é a prova cabal de que o líder brasileiro não está isolado nas relações internacionais, como repete falsamente, como um mantra e sem o menor pudor, a maior parte da vergonhosa Imprensa brasileira.

“– A realidade derruba todas as narrativas de que o presidente Bolsonaro era um pária nas Américas”, demonstrou a comentarista da Jovem Pan News. Henkel ressaltou ainda que Biden fez questão de contar com a participação do presidente brasileiro na Cúpula das Américas, chegando ao ponto de enviar um enviado especial (o ex-senador democrata Christopher Dodd), que foi recebido no Palácio do Planalto no dia 24 de maio quando apresentou formalmente o convite a Bolsonaro), o que demonstra o reconhecimento da importância que o Brasil tem hoje, sob a liderança de Bolsonaro, como “um grande player nesse tabuleiro”.

Henkel ainda acrescentou: “– A realidade bateu às portas no contexto geopolítico das Américas e o Brasil mostra que é um grande player nesse tabuleiro. O presidente Joe Biden entende isso, sua administração entende isso”, destacou Henkel, na edição dos “Pingos Nos Is” desta quinta-feira, dia 9 de junho. “– Ao contrário do que muitos falaram, que Bolsonaro ficaria isolado com a saída de Donald Trump da Casa Branca, o presidente Bolsonaro segue mostrando que o Brasil continua defendendo uma agenda liberal econômica e uma agenda de liberdades que são muito defendidas nos Estados Unidos através da Primeira Emenda da Constituição”, concluiu.