Incêndio na 25 de março teria sido causado por explosão

Fogo em prédios vizinhos foi controlado, mas ainda há risco de desabamentos 

 

Dezenas de bombeiros ainda trabalham no controle de um incêndio de grandes proporções que começou na região da 25 de março, um tradicional centro comercial popular da Capital paulista, ainda na noite de domingo.

O fogo teve início por volta das 21h, e atingiu ao menos três imóveis na rua Barão de Duprat, via paralela à rua 25 de Março, no centro de São Paulo. As informações preliminares são de que uma explosão teria ocorrido no terceiro andar do prédio, espalhando o fogo rapidamente por todo o prédio.

Segundo informações da Polícia Civil de São Paulo, quando bombeiros tentavam chegar ao interior do prédio com oxigênio, teria ocorrido uma nova explosão, ferindo dois integrantes da corporação. Um deles teve mais de 30% do corpo queimado.

O teto e a estrutura interna de um dos estabelecimentos comerciais atingidos, desabaram. O forro da Paróquia Ortodoxa Antioquina também caiu. Apenas parte do altar teria resistido ao fogo e ao desabamento.

Os bombeiros informaram que após mais de 18 horas de combate às chamas o incêndio foi controlado, mas não descartam o risco de desabamento das estruturas dos prédios atingidos pelas chamas.