Novo marqueteiro de Lula é denunciado por corrupção

Sidônio Palmeira Foto: Agência A Tarde

Marqueteiro teria recebido mais de 3 vezes o valor contratado sem prestar serviço

Silvio Ferreira

O Ministério Público do Estado da Bahia denunciou o marqueteiro Sidônio Palmeira, responsável pela campanha do ex-presidente Lula (PT) nestas eleições, por receber R$ 7,5 milhões da Câmara de Salvador, sem prestar serviços.

Auditoria do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia apontou irregularidades no contrato firmado pela Câmara Municipal de Salvador com a empresa do marqueteiro, a Leiaute Propaganda em 2006 e questionou o valor da licitação, que sofreu adiantamentos que multiplicou o seu valor em mais de três vezes: de R$ 2 milhões para R$ 7,5 milhões, segundo  informações da revista Veja.

O MP pede que a Justiça determine que Palmeira ressarça os cofres públicos em R$ 5 milhões.