‘Planalto já foi consagrado a demônios e hoje é consagrado ao Senhor Jesus’

'Hoje é consagrado ao Senhor Jesus'

Primeira-dama repetiu fala de Bolsonaro sobre ‘Guerra do Bem contra o Mal’ que Brasil vive

O Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, participaram na manhã deste domingo, dia 7 de agosto, de um culto evangélico na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte. A visita de Bolsonaro não estava na agenda presidencial, mas a visita à capital mineira foi feita a convite do senador Carlos Viana (PL-MG), candidato ao governo de Minas.

Após o culto, Michelle falou em “guerra do bem contra o mal” e disse que “o Palácio do Planalto já foi consagrado a demônios.”

“ – Como ele [Bolsonaro] mesmo fala, é uma briga, é uma guerra do Bem contra o Mal. Mas eu creio que vamos vencer, porque Jesus já venceu na cruz do Calvário por nós. E as promessas do Senhor irão se cumprir na nossa nação”, disse Michelle.

A primeira-dama ainda afirmou que o Palácio do Planalto já foi consagrado a demônios:

“ – Vou continuar orando e intercedendo em todos os lugares, e sabe por que, irmãos? Porque por muitos anos, por muito tempo, aquele lugar foi um lugar consagrado a demônios. Cozinha consagrada a demônios, Planalto consagrado a demônios e hoje é consagrado ao Senhor Jesus”, declarou.

“ – Ali, eu sempre falo e falo para ele [Bolsonaro], quando eu entro na sala dele e olho para ele: essa cadeira é do Presidente Maior, é o Rei que governa essa nação”, apontando para o céu, referindo-se a Jesus.

Bolsonaro, que discursou antes de Michelle, afirmou aos participantes do culto que exercer o cargo de presidente é uma missão de Deus.

“ – Entendo que a função que ocupo é missão de Deus. Até pelas circunstâncias e pelas três pequenas frases que eu mais ouço quando estou no meio do povo, mesmo durante a pandemia. São elas: ‘Não desista’; ‘Deus te abençoe’; e ‘Estamos orando por você’.”