Polícia já confirma 8 traficantes e 8 suspeitos entre mortos no Complexo do Alemão

Traficantes do Complexo do Alemão ostentando armas de guerra em vídeo que viralizou em maio de 2022 | Reprodução -Redes Sociais

Além de Cabo PM assassinado por traficantes e de mulher atingida por bala perdida, Polícia já identificou 8 criminosos e 8 suspeitos de envolvimento com narcoterrorismo no RJ

 

Dos 18 mortos na operação conjunta das polícias Militar e Civil no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na quinta-feira, dia 21 de julho, oito já foram identificados como criminosos, como vários antecedentes e outros 8 são apontados como suspeitos de envolvimento com o narcotráfico.

PM quer que denúncias anônimas identifiquem assassinos de Cabo De Paula

Cartaz que pede que população denuncie assassinos de PM Bruno de Paula | Foto: Divulgação

A Polícia do Rio de Janeiro pede à população da cidade que denuncie os assassinos do cabo PM Bruno de Paula Costa, assassinado por traficantes na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da favela Nova Brasília, deixou dois filhos do espectro autista.

Outra pessoa morta durante a operação foi Letícia Marinho de Sales, de 50 anos, que teria sido atingida por uma bala perdida, dentro do carro do namorado.

Narcotraficantes já identificados

1) Emerson de Souza Teixeira – Sete antecedentes por narcotráfico e outros crimes

2) Gabriel Farias da Silva – Seis antecedentes por narcotráfico e outros crimes

3) Bruno Luiz Soares da Silva – Dois antecedentes por narcotráfico e roubo

4) Fernando Nascimento da Silva – Dois antecedentes por narcotráfico e porte ilegal de arma

5) Anderson Luiz Bezerra Fonseca – Dois antecedentes por narcotráfico

6) Bruno Neves Leal – Dois antecedentes por narcotráfico

7) Roberto de Souza Quimer – Dois antecedentes por narcotráfico

8) Diego Barbosa da Silva – Um antecedente por narcotráfico