Rússia envia caças MIG para fronteira com países da OTAN

Caça Mig russo | Foto: Dmitriy Pichugin/Força Aérea Russa
Com informações Revista Oeste

 

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou que três caças de guerra MiG-31E,

com mísseis hipersônicos Kinzhal, foram realocados para Kaliningrado, cidade a 1,2 mil quilômetros a oeste da capital, Moscou, informou a agência de notícias independente russa Interfax, na quinta-feira 18.

Kaliningrado fica entre a Polônia e a Lituânia, países membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A transferência de aviões acendeu o alerta. Isso porque, desde os ataques à Ucrânia, a Lituânia iniciou um plano para limitar o trânsito de mercadorias para a região por meio de seu território. À época, a Rússia comunicou que haveria “retaliações”, sem mencionar quais.

O porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price, disse ver com “estranheza” os anúncios da Rússia sobre o reposicionamento das aeronaves. “A Rússia não enfrenta uma ameaça da Otan”, constatou. “A Rússia não enfrenta uma ameaça da Finlândia. A Rússia não enfrenta uma ameaça de nenhum outro país.”

Os caças Mikoyan-Gurevich MiG-31 estão armados com os misseis hipersônicos Kinzhal MiG-31E podem carregar ogivas nucleares.